As nossas portas para novos alunos e alunas em 2020 já estão abertas e convocamos quem mais entende do assunto para apresentar para você o nosso jeito de ser Projeto: as famílias que fazem parte do dia a dia da escola ou que por aqui passaram. 

Afinal, são elas que podem testemunhar melhor do que a gente como o nosso conjunto de intenções e investimentos em uma educação para compreender o mundo de fato impacta no dia a dia dos alunos, dos seus pais, irmãos, amigos e de toda a comunidade ao redor. Vem ver. E vem pra Projeto você também!

1

“Escolhemos a Projeto porque vemos clareza na sua proposta e nos sentimos seguros com isso. A escola promove o contato das crianças com as artes e estimula o desenvolvimento da alteridade, do afeto, da curiosidade e da comunicação.”

Denise e Felipe Ewald, pais do Kauan, do Grupo 3

2

“Eu escolhi a Projeto ainda quando estava grávida da Martina, não apenas por ser próxima à minha casa, mas pela sinergia entre o que eu entendo ser importante para a infância e a proposta pedagógica da escola. E isso perpassa desde a formação dos professores até o respeito às diversidades, tão vivo no dia a dia da Projeto. Para tentar materializar um pouco, cito três aspectos que, para mim, são fundamentais quando falamos de formação humana: um currículo orientado pelas artes; o estímulo à postura investigativa, questionadora; e o respeito ao Outro, aquele que é radicalmente diferente de mim. Tudo isso eu encontrei e encontro na escola. Entretanto, o mais importante, certamente, é o fato de a Martina ser extremamente feliz lá dentro. Não querer ir embora da escola (nunca!) é o principal indicativo de que fizemos, eu e o Gabriel, a escolha certa!”

Laura Dalla Zen, professora da Unisinos e mãe da Martina, do Grupo 4

3

“Encontramos, para além de uma escola que valoriza o saber – o que faz com maestria -, uma escola que realmente tem como foco o ser humano, partindo do desenvolvimento da sensibilidade, com a vertente da cultura, passando por muito conhecimento construído coletivamente, fomentando potencialidades e capacidade crítica. E tudo isto, muito atenta à necessidade de cada criança na sua peculiaridade. É uma grande felicidade que exista a Projeto.”

Miguel Casella da Costa Franco e Valmira Félix de Melo (Mirita), pais da Laura, do 5º ano

4

“Escolhemos a Projeto principalmente por ser uma escola que valoriza a arte e a leitura, além de ser um espaço muito humano e aconchegante! Amamos a escola!”

Livia Perrone Pires, mãe do Pedro, do Grupo 5

5

“A escolha da Projeto aconteceu antes mesmo de a Antônia nascer. Antes mesmo de nos casarmos. Ao conhecer a proposta, por meio de um casal amigo, que tinha o filho lá, decidimos: quando tivermos um filho, é na Projeto que ele estudará. E assim foi. O espaço dado à arte – literatura, música e artes plásticas – e forma de trabalhar os conteúdos foram, sem dúvida, os principais motivadores para reforçar essa vontade. E o resultado, não temos do que reclamar!”

Roberto Jardim, pai da Antônia, do 4º ano

6

“A Projeto era a extensão da nossa casa. O nosso filho compartilhava na escola o nosso jeito de encarar o mundo; respeitando a diversidade, se envolvendo com várias formas de manifestações artísticas, brincando muito, aprendendo a se colocar no lugar do outro e a se posicionar com suas ideias. Somos felizes por ter oferecido ao nosso filho a oportunidade de vivenciar sua primeira fase escolar na Projeto. Aos 20 anos, Rodrigo é um menino sensível, atencioso, que atrai amigos pela maneira de ser. Hoje ele estuda Administração de Empresas na UFRGS, onde potencializou seu aspecto empreendedor. Está envolvido em duas atividades que esperamos lhe deem muito retorno pessoal. A Projeto tem muito a ver com isto.”

Laura e Léo, pais do Rodrigo Medina Nuñez, aluno da Escola de 2002 a 2005

7

“Escolhemos a Projeto porque ela faz muito bem duas coisas que são essenciais para nós e que tantas vezes andam separadas: ensinar a pensar, a decodificar o mundo, e ensinar o respeito às diferenças e a solidariedade social.”

Maria da Graça Pinto Bulhões e Benedito Tadeu César, pais do aluno Mateus Bulhões César, aluno da escola de 2011 a 2015

8

“Escolhemos a Projeto para a nossa filha Alice principalmente pela ênfase que a escola dá à leitura e às atividades artísticas. Alice foi muito feliz na Projeto, teve ótimas professoras e criou vínculos de amizade que permanecem até hoje. O fato de ser uma escola pequena, um ambiente onde todos se conhecem e se tratam pelo nome, criou um grupo de pais e alunos que até hoje são amigos, muitos anos depois. Acho que o maior atestado de qualidade da Projeto é o fato da Alice até hoje lembrar da escola com carinho, gostava de ir para lá, sentia-se feliz na escola. A criança gostar da escola, de aprender e conviver com os colegas, funcionários e professores, é o mais importante.”

Jorge Furtado, cineasta, pai de Alice Goulart Furtado, estudante do ensino Médio, que estudou na escola de 2003 a 2010

9

“Quando procuramos conhecer escolas para nossas filhas, encontramos minicidades, bibliotecas de shopping center, currículos em língua estrangeira, portais online e muita conectividade. Porém, o respeito ao próximo, às diferenças humanas e culturais, a diversidade política da sociedade, o aprendizado do trabalho em grupo, o preparo para o convívio social e, por fim, o calor e o abraço diário das pessoas que trabalham com amor e dedicação, só encontramos na Projeto.”

Marcelo Roennau Lemos e Patrícia Dagnino Chiwiacowsky, pais de Júlia e Gabriela, alunas de 2014 a 2018, e de Catarina, aluna do 3º ano

10

“Nós escolhemos a Projeto por ser uma escola que valoriza a integridade de cada aluno, potencializando os pontos fortes de cada criança, formar pessoas com responsabilidades e respeito, pensando sempre no Bem para Todos. Aprendem que nem todos precisam ter a mesma opinião, que isso é saudável, que podem reformular suas ideias e viverem de maneira livre e democrática”.

Renê Ferreira de Oliveira e de Fabiana Cobas do Espírito Santo, pais de Samuel, que estudou na Projeto de 2012 a 2016, e das alunas atuais Beatriz/3º ano e Joana/5º ano